Buscar notícia:
Principal   Seções   Campeonatos   CBJD   Colunas   Clubes   Vídeos   Institucional   Programação   Cadastre-se   Contato
 
 
COLUNA: BALEIA
Baleia


17/08/2017 - Quinta-Feira
Boas disputas na Áustria
 


          O mundial de motos realizou a segunda etapa depois das férias. Que de maneira inteligente não coincide com as F1. A etapa foi realizada na Áustria e no autódromo de maiores belezas naturais das duas categorias, F1 e motos. Red Bull Ring.

    Ninguém pode negar que esta foi uma das melhores corridas deste ano. Os dois ponteiros proporcionaram um grande espetáculo para quem estava assistindo o duelo.

     Novamente.  Marc Márquez aparentava acabar com a festa e ampliar sua vantagem na tabela. Márquez conseguiu sua terceira pole seguida e quinta do ano. Porem a turma Da Dukati estava de prontidão já que as motos italianas casão muito bem com essa pista e foi a vencedora do ano passado.

   De novo. Lorenzo largou como um foguete e liderou no inicio. Marquez vinha no encalço. Dovi era terceiro e Rossi ultrapassou Vinales. Rossi ainda passaria Dovi porem perderia a posição na sequencia para Dovi.

  No desenrolar da primeira metade da prova vimos Lorenzo perdendo o ritmo assim como Rossi. La de trás vinha crescendo na tabela, Zarco e Pedroza. Mas o bom da prova estava acontecendo na frente.

   Preparado. Andrea Dovizioso estava forte, tanto no braço como mentalmente e nos blindou com um forte duelo com Márquez por boa parte da disputa e levou a melhor na curva final para assegurar mais uma vitória a terceira do ano.

  Agressivo. A disputa entre os dois durou praticamente toda a segunda metade da corrida, com diversas trocas na liderança. Na volta final, o piloto da Ducati entrou com ligeira vantagem, mas o Marquez partiu para o ataque com uma manobra agressiva na curva final.

Dovi não aliviou e assim que completou a manobra de ultrapassagem fez um gesto de raiva para o espanhol e cruzou a linha de chegada com meros 0s176 de vantagem.

 Depois.  “Ganhar na última curva é uma coisa que não acontecia comigo faz tempo”, disse Dovizioso. “Quando você tem Márquez atrás, você sabe que ele vai tentar. Têm curvas em que não dá para ultrapassar, mas ele tenta. Não achei que ele fosse tentar, mas na penúltima curva ouvi que ele abria o acelerador antes que eu, então eu soube. Não freei, ele escapou e quase tocamos”, relatou.

   Dureza. Marquez não pode reclamar do resultado da Áustria. Quando pisou no circuito tinha uma vantagem de 14 pontos para Vinales. E após conseguir o segundo posto no final da etapa ele sai com uma vantagem de 16 para Dovisiozo.

  Malandramente. Pedroza começou mal o final de semana austríaco sendo obrigado a disputar o Q1, quando foi para o Q2 porem conseguiu apenas a oitava posição. Começou a corrida calmo e no desenrolar da etapa foi ganhando posições aos poucos. Chegou perto dos ponteiros quando estes disputavam, porem não teve o mesmo ritmo e conseguiu ainda o pódio.

   A melhor. Apesar da ótima corrida da categoria principal foi na moto 2 que vimos a melhor disputa do dia. Franco Morbidelli, Thomas Luthi e Alez Marquez passaram quase a corrida inteira disputando a ponta. Franco Morbidelli foi quem soube administrar e segurar a ponta da etapa. Foi emocionante e bonito de se ver.

Uma ótima semana



 



 


 
 
   
 

Colunas
 
 
Coluna do BALEIA
 
Uma temporada atípica
Veja todas as colunas deste colunista.
 
 
Coluna do BALEIA
 
#19 – GP do Brasil
Veja todas as colunas deste colunista.
 
 
Coluna do BALEIA
 
#18- GP do México - Um dia especial
Veja todas as colunas deste colunista.