Buscar notícia:
Principal   Seções   Campeonatos   CBJD   Colunas   Clubes   Vídeos   Institucional   Programação   Cadastre-se   Contato
 
 
COLUNA: BALEIA
Baleia


01/09/2017 - Sexta-Feira
#12- SPA FRANCORCHANPES – O GRANDE DUELO
 


A etapa Belga normalmente nos proporciona uma grande corrida. E não foi diferente em 2017. Só que aquela pessoa que não um grande aficionado certamente vai dizer que esta foi apenas uma corridinha boa.

    Kamikaze. Vimos boas disputas nas posições intermediarias.  Isso sem falar do duelo Kamikaze entre os pilotos da Force Índia, Ocon e Perez, que nos proporcionaram cenas raras na descida da Eau Rouge. Porem esse é um assunto que voltaremos a abordar adiante.

   Forte. O que marcou realmente foi o desempenho de Lewis Hamilton. Como era esperado o desempenho do trem de força da Mercedes nessa pista seria dominante e  Na classificação principalmente. O que ninguém esperava era o desempenho dos vermelhos em condição de corrida. Vettel conseguiu acompanhar a Mercedes de perto.

     Sujeira. Os italianos ao renovarem o contrato de Raikkönen  acertaram que ele pilotaria a favor de Vettel. Mas o finlandês sempre teve uma relação intima com o traçado de Spa. No inicio do Q3 Raikkönen tinha feito o terceiro tempo, atrás das duas Mercedes.

  Sacrifício. Normalmente as equipes dividem o Q3 em duas tentativas, e na primeira e como em todas anteriores Raikkönen foi superior a Vettel. Ai os italianos escalaram o finlandês para o sacrifício.

   Joguinho.  Nos momentos finais as equipes tentam de tudo para melhoram as marcas obtidas na primeira tentava do Q 3 e normalmente conseguem. Porem os macarrônicos apelaram e chegaram ao absurdo de escalar seu piloto com melhor tempo, KIMI, para apenas começar essa segunda fase do treino final, ou seja, subir a grande reta na frente de Vettel.

   Favorecidos. Kimi foi proibido de fazer a sua melhor e apenas entrar na pista para ajudar Vettel e assim aconteceu a conquista do segundo posto de Vettel nesta etapa. Ele se beneficiou do vácuo do finlandês para melhorar seu tempo. Essa mesma manobra foi realizada pela Mc Laren para favorecer Alonso.  Porem a manobra não vingou e Alonso não conseguiu entrar no Q3.

  Dupla do barulho. Os pilotos da Force Índia voltaram a se estranhar. Porem eles escolheram o pior lugar para se tocarem a decida que do acesso a Eau Rouge. E por duas vezes. Em 1995 Stefan Bellof morreu após sofrer um toque nessa decida. O segundo entrevero de Perez e Ocon provocou a entrada do Safetty Car.

  Aula. Enquanto o carro de segurança estava na pista os pilotos foram aos boxes para colocar uma borracha nova. A Mercedes optou pelo composto duro e os Italianos foram de ultra macios. Assim a vantagem era de Vettel. Porem Lewis conseguiu segurar a Ferrari mesmo com um pneu teoricamente um pouco mais lento. Quando o Safetty Car saiu começou a aula. Foram cerca de dez voltas onde os dois pilotos imprimiram um ritmo fortíssimo.

  Afiados. E o melhor de tudo, nenhum dos dois cometeu erros.  Pilotaram como se estivessem fazendo voltas de classificação. Essa foi tecnicamente falando a melhor disputa deste campeonato a te aqui.

  Descendo. A Williams estreou um novo pacote aerodinâmico na Áustria e de lá para cá o carro virou uma carroça nos treinos.  Felipe massa começou mal batendo no primeiro treino e perdeu o segundo. Trabalhou somente no terceiro e fez uma classificação feia. E de quebra sofreu uma punição por não aliviar num trecho de dupla bandeira amarela.

Porem seu azare acabou por ai. Na corrida conseguiu um surpreendente oitavo lugar. Pelo o que se passou antes até que fez bonito.

Programação do GP de Monza

3º Treino – Sábado 2/09 – 06h00 – Sportv

Classificação -  Sábado – 09h00 – Sportv

Corrida – Domingo 03/09- 09h00- Globo

Uma ótima semana.


 
 
   
 

Colunas
 
 
Coluna do BALEIA
 
#16- GP da Malásia – A segunda ninguém esquece.
Veja todas as colunas deste colunista.
 
 
Coluna do BALEIA
 
Despedindo de Sepang
Veja todas as colunas deste colunista.
 
 
Coluna do BALEIA
 
#14 – GP de Singapura – A noite do iluminado
Veja todas as colunas deste colunista.